Ovos ou gemas de Santa Tereza




Dizem que as freiras usavam as claras para engomarem suas palas e véus, 
por isso a quantidade quase absurda de gemas que levam algumas receitas. 





Quando vi esse doce fiquei morrendo de vontade de experimentar. Notei que é muito parecido com alguns doces de conventos, que geralmente levam muita gema e açúcar.
Pesquisando encontrei algumas receitas parecidas, mas além das gemas e açúcar, essas receitas levam também farinha de amêndoas ou farinha, algumas vão ao forno e outras são feitas com o açúcar no ponto de espadana, que é o caso desta.



Não sei sua origem, mas pelo sabor...






Só sei dizer que é divino! Desmancha na boca.
Não é por acaso que uma freira disse que as receitas dos mosteiros vem da divindade. :D


OVOS OU GEMAS DE SANTA TEREZA

12 gemas
175 g de açúcar
150ml de água
Raspa de um limão
Açúcar de confeiteiro

1. Ferva a água com o açúcar e o limão até que alcance o ponto de espadana (117 graus).
2. Bata as gemas e passe por uma peneira.
3. Jogue o açúcar nas gemas e leve ao fogo médio até que se desprendam das paredes da panela. Deixe esfriar.
4. Passe bastante açúcar de confeiteiro na mesa de trabalho, coloque a massa e faça um "rolo".
Corte e modele, passando sempre no açúcar para facilitar o manuseio.

Flagrante Delícia (receita original)
Obrigada Leonor, está receita é maravilhosa. :D



*Tem uma receita no livro do Pierre Hermé (Larousse das Sobremesas, pág. 153), chamada "Ovos" de Santa Tereza. Eu testei e não consegui. Acho que o doce assado (como pede sua receita) jamais ficaria com o aspecto da foto do livro, que é mais ou menos como este. Mas quero testar novamente. Se alguém já fez ou sabe alguma coisa a respeito, deixe um comentário. :)

Para quem quer testar, aqui está a receita do Pierre Hermé


"GEMAS" DE SANTA TEREZA
Para 40 porções
Cozimento 10 minutos
Tempo de Preparo 1 hora

1 limão orgânico
manteiga para untar a forma
10 gemas
250g de açúcar de confeiteiro

1. Raspe a casca do limão e esprema.
Unte a assadeira com a manteiga, bata os ovos numa tigela. Adicione o açúcar de confeiteiro, as raspas e o suco do limão e misture bem até obter uma massa homogênea.
2. Faça bolinhas do tamanho de uma noz e deixe secar por 20 minutos.
3. Pré-aqueça o forno à 160 graus.
4. Leve ao forno por 10 minutos e sirva os "ovos" frios em forminhas de papel.



Estes docinhos não costumam ficar tão amerelos, se forem feitos com ovos caipiras ou orgânicos como eu fiz, podem ficar.
De qualquer forma são lindos e saborosos!
Divirtam-se. :D

9 comments:

Sónia Meirinho said...

Realmente os doces conventuais são conhecidos pelas quantidades de gema e açúcar... o que é pena pois sabem maravilhosamente bem mas fazem tão mal...só mesmo para de vez em quando!! Estes ovinhos ficaram mesmo lindos lindos...parecem mini pudins!!! adorei. beijinhos

argas said...

Sabem tão bem este género de doces, pena mesmo a quantidade de açúcar e gemas! :\

Querida, o que faço para ter acesso ao blog Vermelho Framboesa? :)

Docinhos e Miminhos da SweetSofia said...

Lindas!!.. um pouco gulosas devido às quantidades.. mas sabe sempre bem pecar de vez em quando! :D:D
beijocas (*.*)

Sarinha said...

É muita gema mesmo né!? O pior que vale a pena!rs

Ficaram lindos!

Tatiana said...

Que lindos! Adoro doces que usam muita gema! Uma pena kkkkkk....

Lau Verrengia said...

Sonia - também achei lindos estes ovinhos e ficam deliciosos. Às vezes vale a pena alguns momentos de prazer sem pensar se faz bem ou mal. rs
Obrigada!

Argas - se não abusar muito não tem problema comer estes doces deliciosos feitos de gema e açúcar, né? :D
O Vermelho Framboesa está em reforma, assim que voltar eu te aviso, ok?
Beijinhos

Sofia - concordo plenamente, é bom pecar de vez em quando. Ultimamente tenho pecado muito. haha
:D

Sarinha - E como vale!! Que bom que gostou. :D

Tatiana - Nem me fala, eu também adoro, são deliciosos, né? É só não pensar nas calorias que não engorda, não se preocupe. haha

tatiane said...

Sou louca por doces com muitas gemas e muito açúcar! Não conhecia esse ponto de espadana, e acabei de notar que meu termômetro culinário só marca até 100 graus...
bjs

Lau Verrengia said...

Tatiane - eu também adoro, são demais, né?

Não precisa do termômetro. Você pode verificar este ponto colocando um pouco de calda numa colher de pau e deixando escorrer. Quando estiver caindo como lâminas, este é o ponto.

Beijinhos

Tinah said...

Oi! Os meus estão no forno...acabei de fazer a receita do Pierre Hermé, achei que eu tivesse feito algo errado! Ficou líquido, coloquei em forminhas siliconadas e estou assando...se não der pra comer, uma pena.... testarei tua receita com certeza!

Post a Comment

Deixe sua opinião!